Este artigo também está disponível em: Inglês, Francês, Alemão

Um guia completo para uma vida online mais segura

Vazamentos e violações acontecem. Facebook, Adobe, Disney+, Zoom — elas ocorrem com tanta frequência que às vezes nem notamos. E, assim como as empresas, pessoas podem ser atingidas. Este guia da Dashlane, um gerenciador de senhas completo, mostra os passos específicos para minimizar os problemas gerados após um vazamento ou violação, além de conselhos para se proteger no futuro.

Estamos em 2020. Você cresceu e deixou de usar o nome de usuário HarryP0tter934 há muito tempo. É hora de mudar as senhas também.

O que fazer depois de um vazamento de dados

A criação de senhas exclusivas garante que, quando uma conta for violada, nenhuma outra conta será afetada. O cérebro humano, no entanto, não foi feito para lembrar centenas de senhas.

Embora 91% das pessoas saibam que não é aconselhável reutilizar senhas, 59% continuam realizando essa prática. Isso significa que suas senhas comprometidas provavelmente estão sendo usadas em outras contas.

Como saber se minha conta foi hackeada?

As empresas nem sempre divulgam que foram hackeadas assim que o crime acontece. Além disso, existem diferentes tipos de hacks. Podem acontecer na sua conta de e-mail, redes sociais ou no seu dispositivo pessoal. Então, como saber se você foi afetado? Veja alguns sinais claros que você deverá prestar atenção:

– Instalação inesperada de software
– Atividade suspeita no extrato bancário
– Cobrança não autorizada na conta de telefone
– Solicitação de amizade enviada a estranhos

Para ver se suas informações pessoais foram expostas em algum hack, acesse DeHashed.

Qual é a diferença entre hack e violação?

Tudo depende da intenção.

Hack é um ataque intencional feito para obter acesso não autorizado a um sistema protegido (como computador ou servidor) para roubar informações privadas ou sequestrar o sistema para pedir resgate. Violação de dados ocorre quando dados são deixados involuntariamente em um ambiente não seguro e vistos por alguém que não deveria ter acesso a eles.

Conheça o lado obscuro da internet

Termos como dark web e malware são muito comuns, mas poucas pessoas sabem o que eles significam. Como nem sempre é fácil entender como funciona a internet, pedimos aos nossos redatores favoritos para explicar estes conceitos. Afinal, quanto mais você souber, melhor.

As maneiras mais fáceis de melhorar sua segurança online

1. Adivinhe só! Você provavelmente já riscou ou um item desta lista antes mesmo de começar. Seu telefone provavelmente já é criptografado. Mas o que é criptografia, afinal? Descubra aqui.

2. Se você estiver conectado de forma desprotegida em rede WiFi pública (como no aeroporto ou café), um hacker amador e com conhecimentos básicos pode ver tudo no seu computador. É por isso que você precisa de uma VPN.

3. Na verdade, melhorar as práticas de segurança na internet não é nenhum bicho de sete cabeças. Em apenas cinco minutos, você aprende 5 coisas para melhorar imediatamente a segurança online.

Ficaremos de olho para você

O ano passado foi o pior já registrado em termos de violações de dados. Usar uma senha forte é a melhor medida para você se proteger.

A Dashlane foi criada para você gerenciar todas as suas senhas e reduzir riscos. Além de alertar nossos usuários sempre que ocorrer uma violação grave, a Dashlane oferece o recurso de Monitoramento da Dark Web com alertas personalizados. Portanto, se as suas informações forem expostas, informaremos você imediatamente.